Bom Dia, hoje é dia 19 de Dezembro de 2018 - Salvador / Bahia
(71) 99348-8413
Código:
Notícias
13/02/2018
Taxas
Conheça Os Gastos Ocultos Na Compra Ou Venda De Um Imóvel
 
 

Taxas e impostos sempre tornam a compra de um imóvel bem mais cara do que parece
 

Não são apenas os preços elevados que assustam quem sonha em comprar uma casa ou apartamento. O sonho do imóvel próprio também envolve mais burocracia do que parece. São taxas, impostos, e despesas de transferência, escritura e registro do imóvel que aparecem no momento de fechar negócio.

De acordo com a advogada especializada em direito imobiliário Carla Lobato, considerando todo o Estado de São Paulo, as tabelas de custo dos Tabelionatos de Notas (cartório responsável pela lavratura das escrituras) e dos Cartórios de Registro de Imóveis (cartório responsável pelo registro da operação de compra) são progressivas e variam de acordo com o valor total do imóvel.

Segundo Carla, além dessas despesas também haverá despesas com os custos de ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Intervivos) pagos diretamente a Prefeitura, os quais giram em torno de 2%, dependendo do município.

Para aqueles que desejam usar o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para comprar o imóvel, também será necessário desembolsar o custo bancário adicional de até R$ 1.900.

Custos gerais

A pedido do Portal InfoMoney, a especialista calculou alguns desses custos ocultos, levando em consideração um imóvel no valor de R$ 200 mil na cidade de São Paulo. Veja quais são os custos que deverão ser pagos no ato da lavratura da escritura:

Corretagem: 5% sobre o valor da transação ou R$ 12 mil. O custo geralmente é pago pelo vendedor, mas provavelmente estará embutido no valor da transação;
  ITBI: 3% ou R$ 6 mil;
Cartório de Notas: R$ 2,5 mil;
Cartório de Registro de Imóveis: R$ 1.580.

O custo total, portanto, supera R$ 20 mil – ou mais de 10% do valor do imóvel. De acordo com a advogada, para realizar o cálculo dessas despesas, é preciso levar em consideração o maior valor entre o preço de compra e venda e o valor venal do imóvel. “Imóveis com vaga de garagem – matrícula e IPTU à parte -, exigem um registro separado para ela”, explica.

Outros casos

A especialista explica que no caso dos imóveis financiados pelo SFH (Sistema Financeiro de Habitação), o cálculo muda um pouco, pois o próprio banco emite um contrato de compra e venda com financiamento imobiliário. Este contrato tem validade de escritura pública, o que reduz os gastos com a dispensa deste documento.

Segundo Carla, este documento é um contrato de garantia imobiliária que exige um registro desta garantia. Este registro será calculado sobre o valor do financiamento.

“Em relação aos Cartórios de Registro de Imóveis, os emolumentos devidos pelos atos relacionados com a primeira aquisição imobiliária serão reduzidos em 50%. Estas despesas são calculadas somente sobre a parte efetivamente financiada, sendo que o registro da parte paga à vista será de responsabilidade do comprador”, completa.

Quanto ao ITBI (Imposto sobre a transmissão de bens imóveis), o valor também diminui para 0,50% sobre o valor financiado, limitando-se a R$ 42.800 e 2% sobre o valor restante.

Considerando uma pessoa que adquiriu um imóvel de R$ 200 mil e efetuou um financiamento de R$ 150 mil, os cálculos são de:

Corretagem: 6% sobre o valor da transação;
ITBI: R$ 3.358,00
Cartório de Notas: zero
Cartório de Registro de Imóveis: R$ 1.712,88 (considerando as custas de registro com alienação fiduciária).

Mais custos

De acordo com Carla, no financiamento imobiliário é o comprador que deve custear o serviço de despachante e as taxas sobre a avaliação do bem e dos documentos jurídicos que compõe o processo de financiamento, que podem variar de R$ 1 mil a R$ 2 mil dependendo da instituição financeira e o valor do imóvel.

Quando o consumidor opta por comprar um imóvel, também é necessário levar em consideração manutenção ou para o caso de apartamentos o condomínio mensal cobrado, cujos custos podem variar dependendo da região, idade do edifício, estado de conservação e as áreas comuns. “Lembre-se que o rateio dessas despesas sempre depende do número de unidades integrantes ao condomínio. Outro fator importante a ser analisado é o nível de inadimplência”, aconselha a advogada.

Outro tributo que envolve um imóvel é o IPTU, que considerando a cidade de São Paulo, o imposto é de 1% sobre o valor venal o qual poderá sofrer descontos ou acréscimos de dependendo de alguns fatores determinados pela Prefeitura.

Outro fator relevante que pesa no bolso do comprador são os custos relativos aos juros contratuais e os seguros de Morte e Invalidez Permanente e Danos Físicos do Imóvel. Esses últimos são obrigatórios na contratação do financiamento, além da correção monetária incidente.

Vendedor também paga

Os custos incidentes com a compra do imóvel também afetam o vendedor, pois quando um imóvel é vendido com lucro, ou seja, quando o valor da venda é maior que o valor da compra, existe um pagamento de imposto chamado “Ganho de Capital” que corresponde a 15% calculado sobre essa diferença.

Esse imposto deve ser recolhido por meio do DARF (Documento de Arrecadação da Receita Federal), porém pode ter isenção fiscal nos seguintes casos:

– Se o imóvel vendido tiver um valor inferior a R$ 440 mil, for a única propriedade do contribuinte e desde que o vendedor não tenha efetuado, nos últimos cinco anos, outra alienação de propriedade.
– Ganho apurado na alienação de imóveis adquiridos até 1969.
– A partir de 16/06/2005, o ganho auferido por pessoa física residente no Brasil na venda de imóveis residenciais, desde que o vendedor, no prazo de 180 dias contado da celebração do contrato, aplique o dinheiro da venda na aquisição de outro imóvel residencial localizado no País.

Caso o vendedor não se enquadre em nenhum desses casos, o pagamento desse tributo deve ser feito até o último dia do mês seguinte ao da venda da propriedade. O comprador da unidade também deve fornecer detalhes sobre a transferência de propriedade em sua declaração anual do Imposto de Renda, no ano seguinte ao da operação. As regras específicas que regem o imposto sobre vendas de propriedade podem ser consultadas no manual que está disponível no site da Receita Federal Brasileira.

 
 
Fonte: Fonte: InfoMoney
Outras Notícias
03
03
Preços de imóveis comerciais inicia o ano em queda
[+] saiba mais
20
04
Veja como descobrir quanto vale o imóvel
[+] saiba mais
03
05
Preços dos imóveis comerciais encerram primeiro trimestre em queda
[+] saiba mais
18
04
Confira o preço do m² de locação de março
[+] saiba mais
24
04
Mercado imobiliário baiano deve ter crescimento de 20% em 2017, diz presidente da Ademi-BA
[+] saiba mais
01
05
Depois de 20 meses, preço do aluguel residencial tem alta
[+] saiba mais
03
05
Caixa diminui juros de empréstimo imobiliário de menor risco
[+] saiba mais
16
02
Mercado é aquecido por universitários no início do ano
[+] saiba mais
16
03
Bancos reduzem juros para clientes após queda da taxa Selic
[+] saiba mais
12
02
Descontos Em Preços Dos Imóveis No Brasil Caem Em Quantidade E Valor
[+] saiba mais
 
Voltar
INFORMAÇÕES
Inicial
A Empresa
Pesquisa Completa
Imóveis para Venda
Imóveis para Locação
Notícias
Decoração
Financiamento
Fale Conosco


NOTÍCIAS
16 de Fevereiro
Imposto de renda dobre venda de imóvel veja como funciona.
15 de Fevereiro
Começa A Regulamentação De Aluguel De Curta Duração No Brasil
14 de Fevereiro
Veja Como Valorizar Um Imóvel Antes Da Venda
13 de Fevereiro
Conheça Os Gastos Ocultos Na Compra Ou Venda De Um Imóvel


Oportunidade em Destaque
Cód: HR0130
Salvador - Imbui
Apartamento para Venda
Apartamento 2/4 com suíte no Imbui – Torre Madri Torre Madri - 2 dorms (1 suíte) Imbuí - Iberkon O Imbuí e Um bairro especial. Perto de uma reserva de mata atlântica, reúne a tranquilidade da natureza e inúmeras opções de ser...
R$ 350.000,00
Últimos Imóveis Cadastrados Imóveis Mais Vistos
Apartamento para Venda - Cód: HOTZ0020
Salvador - Pituba
Valor:
R$ 240.000,00
Área 67,00
2 dormitórios
Apartamento para Venda - Cód: HR0130
Salvador - Imbui
Valor:
R$ 350.000,00
Área 60,00
2 dormitórios
2 banheiros
Apartamento para Venda - Cód: SAN0011
Salvador - Alphaville
Valor:
R$ 605.000,00
Área 113,00
3 dormitórios
3 banheiros
Apartamento para Venda - Cód: SAN0012
Salvador - Paralela
Valor:
R$ 350.000,00
Área 69,00
3 dormitórios
2 banheiros
Newsletter
Cadastre seu e-mail e receba novidades exclusivas.
Nome: 
E-mail: 
Cidade: 
1457 Repita ao lado:
NÃO ACHOU O SEU IMÓVEL?
Informe as características do imóvel que deseja.
NEGOCIE O SEU IMÓVEL CONOSCO!
Oferecemos o melhor suporte a negociação do seu imóvel.
ATENDIMENTO PERSONALIZADO
Entre em contato com a gente para que possamos ajudar.
www.realizeimob.com
Realize Imóvel
www.realizeimovel.com

Tel: 99348-8413
Email: faleconosco@realizeimovel.com
A Realize Imóvel iniciou suas atividades em 2014 visando construir a sua história no mercado imobiliário de Salvador, de forma sólida, confiável e duradoura. Trata-se de imobiliária atuante no mercado, com um histórico íntegro e de ótimas negociações. Ética profissional e transparência são imprescindíveis no mercado imobiliário. A busca pela excelência é à maneira crescimento neste mercado, sendo assim, a Realize Imóvel oferece para o seus clientes um atendimento personalizado, o que resulta em segurança a todos os negócios realizados, ...
(71) 99348-8413
contato@realizeimovel.com
Site para Imobiliarias
Site para Imobiliarias